Projeto de casa em condomínio fechado

Uma casa divertida feita sob medida para a família, localizada no condomínio Porto Atibaia, no interior de São Paulo.
Categorias:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest

Projeto de casa em condomínio fechado localizado no Residencial Porto Atibaia, na cidade homônima. Um projeto que a POKT Design+Arquitetura desenvolveu em BIM, em ciclo completo. Os projetos de estrutura, bem como elétrica, hidráulica e ar-condicionados foram realizados pelo StudioMEP. Neste projeto foram apresentadas três opções iniciais diferentes projetadas após uma conversa com a definição do programa arquitetônico. Após a reunião com a apresentação, uma das opções foi rapidamente escolhida para ser desenvolvida. Após poucos encontros entre arquitetos e família, a edificação tomou seu corpo final e partiu-se para a elaboração dos projetos executivos. 

Projeto de uma residência no Condomínio Porto Atibaia
Objetivo: Desenhar de acordo com a família.

A fuga das grandes cidades brasileiras já vem ocorrendo há algum tempo, mas não é algo exclusivo do País. Percebe-se que este deslocamento de uma população mais privilegiada economicamente para refúgios planejados e com maiores opções de lazer e segurança vem ocorrendo também em países como Itália, Argentina, México e mesmo os Estados Unidos, com suas Gated Communities.


Os moradores não estão comprando apenas uma casa, estão adquirindo um estilo de vida.

Forbes Magazine

No entanto a POKT Design+Arquitetura acredita que as famílias não devem se enquadrar no que é determinado pelos arredores. É sim possível manter as particularidades da sua convivência.  É por isso que o primeiro passo resume-se em longas conversas com cada membro da casa. O intuito é observar como cada um vive seu dia, garantindo sucesso no projeto dos seus novos espaços.

Mais do que forçar situações e estilos, busca-se criar uma extensão das pessoas, ressaltando sua essência tão dinâmica e única.

O projeto

Desde o início a ideia era criar uma casa térrea, ainda que o terreno possuísse um declive considerável, de pouco mais de 30%. Para que não houvesse uma grande movimentação de terra, a alternativa de projeto escolhida foi a de concentrar os serviços da residência e a garagem em um pavimento subsolo. Neste pavimento inferior também foi criada uma adega climatizada, aproveitando o contato com o solo para reduzir a troca de calor com o ambiente. No final, toda a casa foi planejada à partir da sua área social, mais especificamente da cozinha, onde a família costuma se reunir em todos os momentos de descontração.

Além destes elementos, outros destaques são as áreas de circulação e permanência, substancialmente planejadas para favorecer a união da família. Por isso os principais cômodos da casa também foram projetados para que pudessem aproveitar ao máximo a vista privilegiada que o terreno proporciona.

Projeto: Plantas e perspectivas

Projeto: Cortes

A boa parte de trabalhar com o sistema BIM é poder fazer quantos cortes for necessário no projeto. Isso porque ajuda a estudar as interferências e evitar erros que geram desperdício e aumento de custos na obra. Afinal cada investimento deve ser rigorosamente planejado e um bom projeto contribui com esta premissa. Cada projeto de casa em condomínio fechado tem implantação única, portanto deve ser tratada como tal. Os cortes demonstram estas particularidades individuais do encaixe da casa no terreno.

Projetos complementares

Em resumo, o projeto de estrutura faz parte do projeto executivo de qualquer obra. Arquitetos não só são habilitados a desenvolver este trabalho como são fundamentais na tomada de decisão quanto ao sistema escolhido e partido estrutural. Ao contrário do que pensa a maioria dos clientes, as atribuições de um arquiteto e engenheiro são as mesmas. Projetos de hidráulica, bem como de elétrica fazem parte do projeto executivo. Orientam a instalação e antecipam conflitos com demais sistemas.

Outros Projetos: