projeto de pousada em amparo

Projeto de Pousada em Amparo

A cidade fica a poucas horas de São Paulo, na Serra da Mantiqueira e faz parte de um conjunto turístico e climático similar ao desenvolvido na Serra Gaúcha.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest

Projeto de pousada em estudo desenvolvido para uma vinícola em Amparo, planejado como complemento à experiência imersiva oferecida pelo estabelecimento. Em primeiro lugar a POKT foi convidada a conhecer o espaço e estudar a implantação de um hotel com contêiner. Verificou-se
no entanto que o terreno disponível continha uma inclinação relevante para este tipo de projeto. Concluiu-se que no local deveria ser construída uma estrutura de concreto em nível porque construções em contêineres precisam de base plana para instalação.

Em tempo, quem tiver interesse em construir com contêiner deve sempre verificar se a topografia favorece a empreitada. Isto porque o valor do investimento dispendido com as fundações e nivelamento podem inviabilizar o empreendimento. Assim como em Amparo, onde sugerimos outro sistema construtivo mais adequado ao local.

Sobre o projeto

Para um projeto de pousada com valor de implantação mais enxuta deveria se utilizar uma construção tri-lítica convencional. Isto significa construir uma estrutura com pilares, vigas e lajes, fossem de concreto, aço ou madeira. Posteriormente a vedação aplicada em alvenaria deveria garantir estanqueidade, conforto térmico e acústico às acomodações.

Os quartos estão dispostos em dois pavimentos, ao longo de corredores acessíveis pelo terreno em uma das bordas. Escadas e elevadores de interligação foram posicionados no centro do prédio, juntas ao saguão, onde no térreo haveria a recepção. Neste eixo central, também, abaixo da edificação, um espaço que aproveitava o terreno para instalar uma piscina com vista e salas de recreação.

Todas as habitações temporárias contam com uma porta dupla de correr na face frontal para a vista da montanha. Uma folha da porta será fixa e na outra, de correr, a instalação de um guarda corpo promove a transformação do quarto em varanda. Este artifício já havia sido realizado com sucesso em outro projeto da POKT em um resort de luxo em Angra dos Reis.

Outros Projetos: