Perspectiva artística de um projeto de academia em BIM

Projeto de academia com pista de corrida

A proposta da academia antecipava alguns conceitos posteriormente difundidos e focava na ideia de utilizar a cidade como extensão do espaço de treino.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest

Projeto de academia que desenvolvemos em 2008 para implantação em Alphaville. Pioneira no uso de pista de corrida externa e integração visual dos ambientes. O trabalho foi comissionado por um investidor interessado em iniciar um projeto diferenciado e arrojado em Santana de Parnaíba. Assim que houve a primeira conversa foi expressado o desejo de implantar-se uma pista de corrida externa independente.

A tipologia da arquitetura deveria ser inspirada em galpões industriais, porque se visava economia na manutenção. Ao contrário da alvenaria com pintura, tijolos aparentes não precisam receber repintura a cada três anos. A cobertura metálica com elementos aparentes também se destaca no desenho, conferindo visual brutalista. Além disso, o modelo a ser seguido no design de interiores deveria ser a rede americana Equinox, referência em academias de luxo. A POKT visitou algumas das unidades para entender como funcionava o projeto de academia que eles desenvolveram.

Com isso iniciou-se o estudo para que a academia se torne modelo de referência no Brasil. O planejamento prevê espaços visualmente interligados, espaços para aulas funcionais e diversidade de modalidades esportivas praticadas. Primeiramente determinou-se que o foco seja o relacionamento direto entre aluno e professor. Isso acabou se tornando o ponto chave do conjunto, inclusive no projeto arquitetônico. Ao contrário dos modelos de academia que pipocaram pelo Brasil recentemente, prima-se pela individualização do serviço oferecido.

Sobre o projeto

A circulação centralizada foi o ponto de partida do desenho. Uma torre única contém vestiários, refeitórios, administração e todo outro serviço essencial. A piscina fica no subsolo por conta do peso, reduzindo valor de investimento na construção. No andar seguinte há a área de musculação. Ginástica laboral e funcional no segundo pavimento e, por último a ioga e pilates, um pouco mais isolados por conta do barulho, bem como a aeróbica, em sala fechada e com proteção acústica. O desenho foi completamente realizado em BIM, que facilita não só a construção como também a manutenção do espaço durante a vida útil do prédio. Isso também facilitou a compreensão dos espaços de permanência e circulação.

Outros Projetos: